sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

2010... Crónica de um ano mau!!

Este terá sido para mim um dos piores da minha vida!

Para começar, dizer que o meu mau ano começou ainda em 2009, em Outubro, quando nos vimos pela última vez. Ainda hoje não há dia que não pense em ti e que não me arrependa de certa forma pela forma como as coisas aconteceram, pensando que se assim não fosse, ainda hoje estaríamos juntos e de bem um com o outro. Com um antecedente destes o ano só podia mesmo ter corrido mau.

Dois acontecimentos marcam de forma indelével o meu ano. Começando pela partida da minha avó, até ao desemprego, outras coisas aconteceram que marcam este período de uma forma menos boa e que recordarei sempre. Da minha avó as saudades são grandes, mas fica o consolo pelos muitos e bons anos em que pudemos partilhar a vida. Do desemprego, vou tentando reverter a situação convertendo o tempo livre para fazer coisas que estavam penduradas e que de certa forma servem como auto-formação. Se Deus quiser hei-de me safar!

Este foi também o ano em que me afastei um pouco mais do que devia e queria das coisas do alto. Não deixo de acreditar e de saber que Deus está comigo, mas por algum comodismo fui-me afastando. Espero poder compensar nos próximos tempos.

Das coisas más, vou tentar não dizer mais nada, tentando focar-me nas coisas que ainda assim marcaram este tempo pela positiva.

E das coisas positivas destaco claramente um grupo de pessoas que se cruzaram no meu caminho, e que fazem o favor de ser minhas amigas. Um grupo de pessoas demasiado queridas e que por mim têm uma admiração e estima tão grande, que não sei como é possível. Só espero poder retribuir sempre em igual medida e que continuemos a dar-nos como até aqui. Obrigado do fundo do coração por serem uma luz em toda esta escuridão.

Este foi também o ano em que um amigo que andava um pouco afastado parece querer regressar ao convívio do grupo, trazendo assim "O Espírito" de novo à tona e fazendo com que o grupo se reuna mais vezes, tal como antigamente para grandes jornadas de convívio.

Referir também mais alguns amigos que apesar da distância, territorial e temporal, que nos vai separando, nunca se esquecem de mim, tal como eu não me esqueço deles. Obrigado por continuarem comigo.

Como se percebe facilmente o meu ano foi marcado aqui e ali por alguns momentos que trazem luz e cor, mas não substituem as coisas más. Até posso tentar relativizar e pensar que apesar de tudo não foi assim tão mau, mas quando penso nas perspectivas e naquilo que já podia e devia ter feito até esta altura, fico com a clara sensação de muita coisa falta e isso faz-me sentir assim descrente. Acima de tudo olho prá frente e não vejo muitas saídas e isso deixa-me um pouco arrasado.

E pronto, é mais ou menos isto. Espero que 2011 seja bem melhor.

Obrigado aos meus amigos por estarem presentes.

E acima de tudo, "faça-mo-nos ao largo, pois espera-nos o mar imenso do futuro"! Com fé e sempre lutando lá chegaremos.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

domingo, 26 de dezembro de 2010

Calendários...

O bom destas coisas dos anos e das décadas que nunca se sabe bem quando passam, é que assim podemos fazer os balanços dois anos seguidos. No ano passado já tinha havido o respectivo balanço da década, mas este ano, por vias das dúvidas, e para não falhar nenhum tema, voltam a repetir-se. Dá para todos!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

É Natal!!

Que nesta altura e no meio de tanta azáfama de compras, comidas, bebidas e sempre alguns excessos, não nos esqueçamos do essencial. O Natal é do Menino Jesus, que nasceu nos meio de nós, Deus feito Homem para nos deixar uma mensagem de Paz e Esperança.

FELIZ NATAL!

Meus amigos, fugindo um pouco das normas desta altura, deixo aqui aquela que será sempre para mim a canção que melhor trata a amizade. E o que é o Natal senão o tempo em que se celebra o Amor!! Obrigado a todos por serem meus amigos ou conhecidos e por gostarem um "pouco" que seja da minha pessoa!! FELIZ NATAL! Paz e bem!! :D


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Já tenho pc de novo!

O meu computador está de volta! Como a avaria no monitor saía demasiado cara, resolvi comprar um monitor e agora trabalho só na secretária! Uma dia destes invisto numa máquina nova, mas para já é assim que vai durar mais uns tempos!

Entretanto espero que estes tempos também tragam novas e melhores ideias para posts!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Pop-pimba-kitch...

Acrescentem o resto dos adjectivos para isto, sff! Obrigado!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Uma verdade inquestionável!

As mulheres estão cada vez mais bonitas! Dá gosto sair à rua, que a qualquer momento podemos ser agradavelmente surpreendidos!

E pronto, era só isto!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Aquele pormenor mata-me!

Este anúncio do post anterior é um bom exemplo de como é possível fazer excelente publicidade, que cativa, usando os argumentos certos, realçando os detalhes e guardando o melhor para o fim!
Clichê, dirão muitos! Eu digo classe e bom gosto, pois não é preciso revelar tudo às claras para que a mensagem passe. Aliás, é mesmo esse o segredo! Se não fosse aquele detalhe no final, com a fita rosa, o anúncio seria apenas mais um!

Aquele pormenor...

... "mata-me"!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Sem palavras...



Mais uma daquelas que faz o meu dia um pouco melhor!

Simples, mas delicioso!

"Vou jantar a casa de um amigo e ele diz para nos encontrarmos no supermercado. Sigo-o pelos corredores como um passageiro no banco do pendura numa road trip - com o rádio ligado e os olhos na janela. Ele escolhe fruta enquanto me fala do estado das coisas: "Este sistema é baseado na dívida. O sistema quer que a malta esteja endividada. Mas só podes mudar isto a partir do sistema." Digo- -lhe que há mais mulheres bonitas e sem aliança naquele estabelecimento que em muitos bares. Ele diz que sabe que tem de comprar uma coisa mas não se lembra o quê. Isso deixa-o mais irado com o sistema. O meu amigo encomenda sushi. Estou num supermercado mas parece um SPA. Tudo estilizado e bem embalado. Ele segue por um corredor luminoso. Diz: "Estes gajos não têm um lubrificante de jeito." Pergunto: "Para que é que queres um lubrificante?" Ele: "Para o que é que achas?" Sushi, lubrificante, dois tipos às compras. Digo: "Vão pensar que somos um casal." Toca o telemóvel, passo-lhe o aparelho e digo bem alto: "É a tua namorada, não conseguia ligar-te e quer falar contigo." Na caixa ele diz: "Primeiro tens de perceber o sistema, só depois podes agir no sistema, e nós não fazemos ideia de como funciona." Pela segunda vez numa semana um banco telefona-me a oferecer crédito. Explico, depois de desligar: "O sistema queria falar comigo." Descubro uma miúda gira na outra caixa, vou avisar o meu amigo, mas ele já reparou. E é por isso, mas também porque responde "não" quando lhe perguntam se tem cartão Jumbo, que somos amigos há tanto tempo."

Hugo Gonçalves
hugoionline@gmail.com


Daqui!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Sobre a educação e o relatório PISA, ou lá o que é! (II)

Eu não sou baptizado, mas estou vacinado. 
(Tenho de ensinar esta aos meus filhos!)

Depois do homem deixar de ser macaco passou a ser Egípcio. 
(Mmm... isto ainda não sabia!)


A Primavera é a primeira estação do ano. É na primavera que as galinhas põem os ovos e os agricultores põem as batatas. 
(Nunca mais como batatas...)

O meu tio levou o porco para a casota e lá foi morto juntamente com o meu avô. 
(Bem, se o avô já lá estava...)

Quando o nosso cão ladrou de noite a minha mãe foi lá fora amamentá-lo. Se não os vizinhos ficavam chateados. 
(E assim, como terão ficado?)

A minha tia tem tantas dores nos braços que mal consegue erguê-los por cima da cabeça e com as pernas é a mesma coisa. 
(Acho que a mim aconteceria o mesmo às  pernas.)


Um círculo é um quadrado redondo. 
(Esta é absolutamente fantástica!)

A terra gira 365 dias todos os anos, mas a cada 4 anos precisa de mais um dia e é sempre em Fevereiro. Não sei porquê. Talvez por estar muito frio. 
(Um génio!)

A minha irmã está muito doente. Todos os dias toma uma pílula, mas às escondidas para os meus pais não ficarem preocupados. 
(Sem comentários.)

The end

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Sobre a educação e o relatório PISA, ou lá o que é! (I)

A ser verdade o que se segue, estamos claramente no bom caminho!
(recebido por mail)



Alunos do 1º ciclo respondem a perguntas diversas...

O Papa vive no Vácuo. 
(?!?!?!?!)

Antigamente na França os criminosos eram executados com a Gelatina. 
(Pelo menos assim não doía tanto...)

Em Portugal os homens e as mulheres podem casar. A isto chama-se monotonia. 
(É frustrante que até na 2ª classe já pensem assim...)

Em nossa casa cada um tem o seu quarto. Só o papá é que tem de dormir sempre com a mamã. 
(Um destino terrível...)

Os homens não podem casar com homens porque então ninguém podia usar o vestido de noiva. 
(A ver vamos...)

Os meus pais só compram papel higiénico cinzento, porque já foi utilizado e é bom para o ambiente. 
(Que bom!)

Adoptar uma criança é melhor! Assim os pais podem escolher os filhos e não têm de ficar com os que lhe saem. 
(Pois é, com os animais de estimação também funciona assim!) 
Adão e Eva viviam em Paris. 
(Sim, sim, lá também é paradisíaco!)

O hemisfério Norte gira no sentido contrário do hemisfério Sul. 
(Viver ao longo do Equador deve ser muito divertido!)

As vacas não podem correr para não verterem o leite. 
(Que bom saber isso.)

Um pêssego é como uma maçã só que com um tapete por cima. 
(Nunca tinha pensado nisto!)

Os douradinhos já estão mortos há muito tempo. Já não conseguem nadar! 
(Conseguem sim! No óleo da frigideira!)
 
(continua)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Não era, certamente!

Se podiam fazer as coisas bem, deixar-se de jogadas ocultas e corrupção, em vez de perseguir agora o Wikileaks!? Poder, podiam, mas não era a mesma coisa.

Bora lá pessoal...

... aprender como se faz!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Veio mesmo a calhar

O meu pc avariou, o que é sempre uma coisa boa de acontecer. Foi o écrã que deu o berro. Entretanto vai para o conserto e ainda não sei quanto tempo demora nem quanto vai custar. Se for muito caro provavelmente optarei por comprar um novo e usar aquele ligado a um monitor externo, que sempre dura mais uns tempos e depois logo se vê.
Como agora não tenho máquina disponível, é normal que os posts por aqui também reduzam. Já não eram muitos, mas mesmo assim vou tentando manter a chama acesa. Há sempre alguém que passa por aqui e que vai lendo os meus devaneios.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Porque não é fácil esquecer...

... e porque hoje de manhã, o Nuno Markl na sua Caderneta de Cromos, fez um cromo sobre esta banda.

Mas sobretudo porque não é fácil esquecer-te, e recordar esta música que fez parte da nossa longa lista que íamos trocando diariamente com os sentimentos à flor da pele! Tudo isso terminou, mas estou certo de que nunca mais me irei esquecer desses tempos.



A canção não é nada de especial, assim como a banda, mas quando se está apaixonado, who cares!?

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

"Alimente esta ideia!"

Sobre a campanha do Banco Alimentar do passado fim de semana... pese embora toda a generosidade e solidariedade que são de louvar por parte dos milhares de pessoas que contribuem nestas causas, é de salientar que quem ajuda são sempre os mesmos.

Numa altura de crise instalada e que vai cá ficar muitos anos, tem de ser o povo a ajudar o povo. Todos os dias são cometidos roubos e atropelos contra o povo, mas este continua sempre a pagar. Paga as crises impostas pelos barões que passam incólumes e ainda tem de pagar para que quem menos tem, tenha um pouco mais.

É de enaltecer este espírito de entre-ajuda, mas fosse o povo unido na causa maior que urge para este país, que é limpar do poder esta gentinha que nos (des) governa, e certamente não estaríamos tão mal assim. Mas fora isso, ainda bem que somos um povo generoso e solidário.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A magia da rádio! (2)

Às vezes apetecia-me arranjar um emissor, montá-lo no telhado, e voltar ao tempo das rádio piratas. Dizer não à ditadura da playlist e dos animadores formatados! É que cada vez dá menos gozo ouvir rádio, sobretudo numa altura em que passam todas as mesmas músicas, várias vezes ao dia, apenas para fazer a vontade às editoras e a quem promove os artistas.

Mas como eu sei que os tempos são outros, vou continuar na minha busca por outros quadrantes musicais e deixar-me surpreender por tanta coisa boa que anda por aí a sair, mas que urge trazer à tona, mas que infelizmente não acontece.

A magia da rádio!

Um dos sonhos que trago comigo desde sempre é o de um dia fazer rádio. Quer dizer, já cumpri esse sonho, em tempos, na escola e depois na universidade, mas fazer um programa a sério é outra coisa. Desses tempos em que falava ao microfone nos meus tempos de estudante, as regras eram ditadas consoante a disposição do dia, sem muitas regras, que era o que se queria, mas sempre com uma grande vontade de comunicar, de dizer algo, mesmo sabendo que muitas vezes ninguém estava do outro lado para me ouvir. Mas isso pouco importava perante a importância que sempre atribuí à comunicação, e à emoção de subir o cursor na mesa de mistura, ir descendo a pista de música em simultâneo, e começar a dizer o que me ia na alma no momento.

Desde resultados do futebol, histórias e piadas do momento, galhofa e picardias com os meus colegas no estúdio, tudo valia e dentro dos limites, nada era proibido. Lembro-me de um dia até ter cantado uma música. Eu que nunca cantei em lado nenhum, mas é esta mesmo a magia da rádio.

Tudo isto para dizer, que nos últimos dias ando com uma vontade grande de fazer um programa. Apetece-me desenvolver e apresentar uma proposta para cumprir este desígnio. Não tenho bem uma ideia definida, mas gostava de experimentar um espaço onde se pudesse conversar sobre tudo e mais alguma coisa, ter convidados e debater um tema, passar músicas alternativas, contar histórias, comentar notícias... Enfim, um espaço onde a liberdade impere e as conversas vão fluindo naturalmente.

Para já não sei bem como orientar esta ideia, mas entretanto vou pensando nisso e um dia destes pode ser que surja algo.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Uma década...

Antecipando já um pouco a chegada do novo ano, em 2011 cumpre-se uma década muito especial para mim, que se iniciou em 2001. A bem dizer, até terá talvez iniciado em 2000, mas seja como for, estes foram anos muito importantes e que recordarei sempre com muita saudade e nostalgia.

Esta foi uma das músicas desse ano de 2001 de que me lembro sempre quando faço contas ao tempo que vai passando.



PS: este não é um post nostálgico, mas sim alegre por tantas coisas boas vividas neste tempo.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ainda sobre o Facebook

Desde que aderi ao facebook, à cerca de uma ano, que descobri uma série de coisas e vantagens que pensava não existirem numa rede social. Não são só os amigos ou conhecidos que se reencontram, a facilidade de contacto, as fotos ou outras cusquices... são sobretudo vídeos, textos e músicas que vão aparecendo neste ou naquele mural e que faço questão de ir tomando atenção. Já me surpreendi agradavelmente com coisas que por lá encontrei e apaixonei por outras que fizeram os meus dias mais felizes. Por isso meus amigos, continuem a publicar coisas bonitas e interessantes que eu estou atento.

domingo, 28 de novembro de 2010

Realmente...

o mundo mudou muito! E é incrível como a rede nos alterou completamente os hábitos e a forma de estar na vida. Às vezes ponho-me a pensar e fico espantado com a quantidade de horas que passo na net, e desde que aderi ao facebook ainda acrescentei mais uns quantos largos minutos ao longo do dia. É mesmo uma revolução.

sábado, 27 de novembro de 2010

Está ganho o dia!

Ainda sobre o Emmy aos talentos da Rita Pereira

Mais uma vez o grande Unas ajuda-nos a compreender este fenómeno!

"Amar nada mais é do que despertar aqueles a quem amamos para toda a grandeza de que são capazes."

Anónimo

No amor vale quase tudo, e uma das coisas mais interessantes e importantes, é que as pessoas puxam uma pela outra e conseguem alcançar sempre algo mais do que à partida podiam imaginar.

Emmy!

Este é provavelmente um dos movimentos mais interessantes da blogosfera! Depois da Rita Pereira nos ter brindado com as suas "boobs" na cerimónia dos Emmy's, agora é a vez das portuguesas mostrarem literalmente que não deixam os seus créditos e "talentos" por mãos alheias.
É ver para crer meus amigos!

Ao que parece começou pela mão da sempre atenta Polo Norte, mas já vai por aí fora, qual furacão Katrina!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Espectacular!

Ele há coisas do caraças! Este texto é uma delas!

150...

Nunca fui muito de escrever, sou mais de pensar e de falar. Se houvesse a possibilidade de ter um blog oral ou mental, o meu certamente teria muito mais conteúdo, além de que o interesse também aumentaria.

Às vezes ponho-me a pensar que se escrevesse uma pequena parte das coisas que penso diariamente, ou das conversas que vou tendo, este número já teria certamente duplicado. Mas enfim, até tenho melhorado. E pode ser que vá evoluindo e comecem a surgir mais e melhores posts!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Old School, not old fashion!


Palavras sábias estas! E há poucas coisas que me saibam tão bem, do que o ritual de sair para jantar a dois e partilhar a conversa com quem gosto!

Greve Geral...

... tudo na mesma!

É só isto que tenho a dizer sobre a greve! Hoje acordámos todos "felizes e contentes", fomos à nossa vida normal, a guerra de números é a do costume e o governo lá vai passeando a sua incompetência por entre os pingos da chuva. A miséria continuará, o país vai-se afundando e não há ninguém capaz de por cobro a esta situação.
Em breve teremos eleições para a presidência, onde ganhará o suspeito do costume, depois virão as eleições legislativas, e vou rir-me à brava se o Sócrates ganhar de novo. Ou em última instância, o PS. Não é que os outros sejam melhores, que não são, e ganhe quem ganhar as coisas só tendem a piorar, mas não deixará de ter a sua graça, depois de tudo isto que nos está a acontecer, esta gentinha ainda votar nos mesmos!
E posto isto, vamos à vida!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Natal...

Costuma dizer-se que "Natal é quando um Homem quiser", e o que é certo é que cada vez mais os Homens querem que seja mais cedo. Não pelas razões que estão na base desta célebre frase, mas por razões de ordem comercial e consumista. Por muito que se queira dar a volta, o Natal é o nascimento de Cristo, e se alguma vez isso deixar de ser assim, deixará, mais cedo ou mais tarde, de haver Natal, pois tenho para mim que toda esta febre das compras e demais fenómenos de consumo associados a esta data, não são suficientes para sustentar uma tradição durante muito tempo. Sem Cristo não há Natal. Podem inventar uma nova terminologia ou designação, o que até nem seria mau pois separavam-se as águas, mas esta quadra tem um sentido e um significado tão especiais, que não há como ignorar isso.
Posto isto, dizer ainda que o Natal só começa quando se inicia o Advento, que é precisamente o tempo de preparação para receber condignamente Aquele que virá dar-nos um exemplo inigualável e inquestionável de coragem e salvação. Prepare-mo-nos pois para O receber. As prendas são importantes, mas não deixemos de pensar também naquilo que é o essencial.
Isto de o Natal começar logo depois do regresso às aulas e de o Pai Natal substituir o Menino Jesus, não faz muito sentido, e serve apenas para nos distrair do fundamental e da mensagem que Ele nos veio transmitir.

«Olha que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, Eu entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo» (Ap. 3, 20). É um dos versículos mais belos da Bíblia. É uma experiência única e profundamente misteriosa. É feliz aquele a quem Jesus bate à porta do seu coração. Sim, é pela «porta» do coração que entra Cristo e dá a salvação ao homem. É no coração que se celebra o «banquete» que sacia a fome da Vida em abundância e se transforma a história em festa verdadeira.

sábado, 20 de novembro de 2010

O amor numa frase (24)

"Todos os tempos são bons para os que sabem trabalhar e têm como fazê-lo."


Carlos Slim


Esta, que me chegou por mail, não é bem sobre o amor no sentido das outras que aqui coloquei, mas sobre outra forma de amor que tem mais a ver com a auto-estima e a auto-confiança. Num próximo post explico melhor, pois tem a ver com um desenvolvimento da minha situação actual.

sábado, 13 de novembro de 2010

Sem tempo, mas com as recordações à flor da pele!

"The medium is the message"Marshall McLuhan!


Recordo esta frase, que tantas discussões originou nos meus tempos de faculdade, para fazer aqui um paralelo com uma pessoa que conheci há uns tempos. Antes disso, dizer que à volta desta citação, se preencheram aulas, trabalhos, testes e conversas de corredor, daquelas que duram tardes inteiras e que, mais do que o curso em si, preenchem hoje o meu imaginário, como aquilo que realmente interessou naquele tempo. Estudar é importante, mas o que está à volta, preenche-nos mais e prepara-nos muito mais para a vida do que qualquer outra coisa.


Tudo isto para dizer, que há uns tempos conheci uma rapariga quando fui fazer uma reportagem. Ela estava comigo na tribuna de imprensa e acabámos por trocar algumas impressões durante a realização do trabalho. Na altura nem o nome dela fixei, ou simplesmente sequer cheguei a perguntar! Mas um dia destes o destino encarregou-se de nos juntar de novo. E no local onde agora estou a trabalhar, heis que me surge uma menina que eu fixei, embora não a reconhecendo de imediato, mas que de repente me perguntou se eu não era a pessoa x que esteve com ela em determinado local, numa situação y. Era ela! 
Mas, não ficamos por aqui! No outro dia saímos para um trabalho e enquanto íamos de viagem fomos conversando. Conversa puxa conversa e não é que acabámos os dois a falar do sitio onde tínhamos estudado. Escusado será dizer que foi na mesma faculdade. Embora ela seja mais nova, as coincidências de e as memórias batiam certo e criou-se ali um belo momento de partilha! Não me recordo dela na faculdade, pois além de ela ter entrado já depois de mim, era de outro curso, mas tínhamos aulas na mesma zona, o que fez com que tivéssemos alguns professores em comum e também alguns amigos e conhecidos!
E pronto, assim se faz um dia, mais uma história engraçada para contar e se preenche o imaginário de que nas coisas simples é que reside o essencial da vida. A vida realmente é uma coisa fantástica, e o mundo pode dar muitas voltas, mas no que realmente importa, sobressaem sempre os detalhes e as coisas bonitas.

O amor numa frase (23)

"O amor é o único jogo no qual dois podem jogar e ambos ganharem."

Erma Freesman

E é tão bom quando se alcança a vitória no amor! São as mais saborosas e as mais marcantes. Mas ao mesmo tempo são as mais difíceis de alcançar e para as quais se tem de trabalhar mais e melhor!

domingo, 7 de novembro de 2010

Back to work! (continuação)


Como aqui referi anteriormente, voltei ao trabalho, e se por um lado é bom voltar ao activo e sentir de novo os objectivos à tona, por outro é difícil deixar de fazer uma série de coisas que andava a fazer nos últimos tempos. Ganha-se umas coisas e perde-se outras, e o balanço faz-se a cada dia que passa! Sinto falta das músicas novas que vou descobrindo, dos vídeos, dos filmes que agora não tenho tempo de ver, das notícias e leituras que ainda vou tentando acompanhar... e mais uma série de coisas.
Como a mudança foi de um dia para o outro, a alteração de ritmo também está a ser um esforço suplementar, dado que nos últimos meses, apesar de me tentar manter activo, o ritmo de trabalho baixou drasticamente e agora para recuperar custa um pouco. Uma diferença que eu noto, é que agora sinto mais alguma dificuldade em manter a concentração no trabalho durante mais tempo. Ultimamente ia fazendo as coisas num ritmo mais baixo e não precisava de estar tanto tempo concentrado, podendo parar quando achasse que devia, e agora tenho de tentar dar sempre um pouco mais.
Como estou a ingressar num projecto que está ainda a iniciar, as dificuldades são acrescidas e o trabalho é sempre bastante, o que por si só não é mau, o que é menos bom é que existe alguma desorganização e desorientação por parte de quem teve as ideias e agora as tem de materializar e transmitir aos colaboradores. Porque uma coisa é sonhar com um objectivo, outra bem diferente é implementar essas ideias no terreno.
Enfim, muita coisa há a fazer por estes dias, e enquanto vou pensando se será mesmo este o meu caminho, cá vou tentando voltar à forma máxima e desenvolver o meu trabalho o melhor que posso e sei.

sábado, 6 de novembro de 2010

"O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar."

Carlos Drummond de Andrade


Palavras para quê!? É bonito demais para eu estar aqui a falar e a tecer mais comentários!

domingo, 31 de outubro de 2010

Back to work!

Estes têm sido dias intensos e o regresso à actividade profissional não tem sido fácil. Não é que o trabalho seja difícil, mas está a ser um bocado complicado readquirir o ritmo elevado de outros tempos, após uma paragem de 6 meses de actividade diária. De qualquer forma a pouco e pouco vou tentando estar à altura, como sempre o fiz em tudo o que "ponho" as mãos!
Enfim, não há-de ser nada, e vamos a ver no que dá este novo projecto. Mas uma coisa é certa, vai "sair do corpo" e vai custar um bocado, sobretudo nesta primeira fase!!

sábado, 30 de outubro de 2010

O amor numa frase (22)

"Para fazer uma obra de arte não basta ter talento, não basta ter força, é preciso também viver um grande amor".

Wolfgang Amadeus Mozart

E ás vezes o amor pode também ser uma belíssima obra de arte! Daquelas que nos enchem as medidas e que admiramos durante toda a vida!!

sábado, 23 de outubro de 2010

O amor numa frase (21)

"A vida é o que fazemos por ela e o que nos deixam fazer com ela."
Anónimo

Esta vem na sequência da fase que estou a passar nestes dias. É preciso tomar uma decisão e pensar nos cenários que daí decorrem. Vamos ver no que dá!!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ainda sobre os mineiros...

Depois da euforia inicial e de tudo ter terminado bem, felizmente, gostava também eu de falar sobre os mineiros resgatados no Chile. E só quero dizer uma coisa bastante simples: imaginem lá se o mundo não seria um lugar melhor para todos, se à semelhança deste caso, nos uníssemos em prol de um objectivo comum, sem reservas, com o pensamento focado no essencial e sem os egoísmos bacocos que nos afastam do que é realmente importante! Seriamos ou não bem mais felizes!? Eu acho que sim...

domingo, 17 de outubro de 2010

Informação ou a falta que ela me faz!!

Sou uma pessoa que gosta de andar minimamente informada e atenta ao que se passa por aí. Gosto de ler os jornais online, sigo alguns blogues, vejo telejornais e informação na tv, etc. E sinto falta disso tudo quando me faltam estas coisas.
Como já aqui referi, estou desempregado, e para ir ocupado o tempo, além dos cv's e afins que se enviam, tenho lido e buscado mais informação que o normal. Não só porque o tempo disponível assim o permite, mas também porque quanto mais se pesquisa mais se gosta de saber. Do mal o menos, e já que não estou activo profissionalmente a tempo inteiro, que o esteja de outra forma.
Mas esta semana, felizmente, comecei uma experiência de uns dias numa empresa para ver no que dá. E como o trabalho é muito e as adaptações exigem sempre algum disponibilidade extra, não tenho tido tempo para ler e ver notícias, blogues ou ouvir músicas novas de discos que tenho descoberto e que quero ouvir.
Estes dias de fim de semana têm sido para isso mesmo, tentar estar a par de algumas coisas e recuperar outras que ficaram pela semana fora. Já sei que não dá para tudo, mas pelo menos fica a sensação de que não se perdeu tudo.
Quanto ao futuro, a Deus pertence, e caso a experiência corra bem e volte ao activo, muitas coisas voltam a ficar para trás. Vou ter de seleccionar mais e melhor, mas espero conseguir manter alguns dos hábitos. A ver vamos... Não é fácil, ganha-se de um lado e perde-se de outro. That's life...

sábado, 16 de outubro de 2010

Sobre a crise!!!

Eu até podia fazer aqui um comentário espectacular e inteligente sobre a crise e o orçamento, mas sinceramente o que me apetece mesmo é dizer que vão todos à m_ _ _ _ e nos deixem em paz!!!

O amor numa frase (20)

"Por mais longe que o espírito alcance, não vai tão longe quanto o coração."
Anónimo



Mais uma assim meio lamechas, que eu ando numa fase introspectiva e de transição! E vai daí dá-me para andar a pensar nestas coisas. Mas o que é certo é que no amor, o coração vai mais longe do que muitas vezes imaginamos.

domingo, 10 de outubro de 2010

A crise não é só económica...

Acho uma graça à quantidade de disparates que se dizem por aí pelos blogues!! É incrível a leviandade com que se levantam suspeitas e "trocas de galhardetes" entre bloguers, que só mesmo visto. Eu não sei, mas quer-me parecer que há gente que não tem mais nada que fazer. E será que também são assim na vida real, ou só no blogue?! Ou o blogue é a sua vida real!? Talvez seja!! Se calhar é por pensarem que dada a sua popularidade por aqui, tudo lhes é permitido. Neste tempo do "vale tudo", faziam falta alguns valores! Ai faziam, faziam!!

sábado, 9 de outubro de 2010

O amor numa frase (19)

"Quero estar com você num momento chamado sempre"



Anónimo

Hoje apeteceu-me uma bem lamecha! Deve ser do tempo estar assim meio sem jeito!!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

John Lennon

E porque este grande Senhor faria hoje 70 anos de vida, vale a pena assinalar a data ouvindo e lendo o seu testemunho que permanece actual. Vale a pena também ver o que a Google fez para assinalar a data.



quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Ainda sobre a República!

Antes que me esqueça...

gostava de dizer que não estou minimamente interessado no novo pseudo-programa de entretenimento da TVI, canal que mais uma vez nos brinda com uma dose industrial de estupidificação ao desbarato. Ainda não vi e não estou com ideias de ver. E nem vale a pena dizerem que aquilo até é um conceito inovador, interessante e que não é o Big Brother. Não se macem, pois eu não vou ocupar o meu tempo, que posso aplicar a ver tantas coisas boas, a apreciar um programa que se baseia na carneirada. Ah, e se me convencem dizendo que toda a gente vê, mais um motivo para eu não ver. Tenho dito!



"Por isso eu digo "ãh!"
Everybody say "ãh!"
Se todo mundo fala "ãh!", eu também quero falar "Be"!
Por isso eu digo "ãh!"
Vem dizer comigo: "ãh!"
Se todo mundo fala "ãh", então eu digo foi...
Por isso eu digo "ãh!"
Everybody say "ãh!"
Se todo mundo fala "ãh!", eu também quero falar "Be"!
Por isso eu digo "ãh!"
Vem dizer comigo: "ãh!"
Se todo mundo fala "ãh", então eu digo Foda-se"

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Heis que chegou o dia...

Preparem-se, meus amigos, para um dia cheio de discursos pomposos, cerimónias faustosas, passeio dos melhores fatos e viaturas, para celebrar o centenário do regime republicano! Esse mesmo que foi imposto à lei da bala, e que nos leva à miséria todos os dias!!! 
Vai ser um belo dia de exaltação da pobreza enquanto forma de vida que todos devemos tomar, excepto todos aqueles que se pavoneiam nestas alturas de auto-júbilo e consagração, enquanto donos e senhores da verdade e virtudes que emanam para um país cada vez mais afundado.
E atenção que no meio de tudo isto podem ainda surgir mais uma data de promessas furadas e soluções milagrosas para tapar o sol com a peneira.
E o povo!? O povo aplaude prestando vassalagem porque é bonito!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Esperança!

Já aqui falei da minha condição de desempregado. Não é uma situação confortável e tão pouco agradável, pois há dias em que é difícil manter a motivação em alta e tentar pensar em algo para fazer para ocupar o tempo. Sobretudo quando se enviam uma série de currículos e nem resposta se obtém.
Pois bem, hoje é um dia diferente neste cenário. Vou a uma entrevista de emprego. Pode dar e pode não dar, mas pelo menos é sinal de que houve alguém que esteve atento ao cv e portfólio.
A ver vamos como corre. Wish me luck!!

domingo, 3 de outubro de 2010

Just for fun

Achei piada a este mail que recebi e vá de o postar aqui! Até porque não tenho vindo muito a estes lados e convém dar noticias de vez em quando!



Prontus 




Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um 'prontus'! Fica sempre bem. 

Númaro 
Também com a vertente 'númbaro'. Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso. Por mim, acho um bom númaro! 
Pitaxio 





Aperitivo da classe do 'mindoím'. 






Aspergic 




Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina


Alevantar 




O acto de levantar com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!... alevantei-me e fui-me embora!'. 






Amandar 




O acto de atirar com força: 'O guarda-redes amandou a bola para bem longe' 






Assentar 




O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento. 






Capom 




Tampa de motor de carros que quando se fecha faz POM! 






Destrocar 




Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma. 






Disvorciada 




Mulher que se diz por aí que se vai divorciar. 






É assim... 




Talvez a maior evolução da língua portuguesa. Termo que não quer dizer nada e não serve para nada. Deve ser colocado no início de qualquer frase. Muito utilizado por jornalistas e intelectuais. 






Entropeçar 




Tropeçar duas vezes seguidas. 






Êros 




Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses. 






Falastes, dissestes... 




Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex.: eu falei, tu falaste, ele falou, TU FALASTES... 






Fracturação 




O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial. Casa que não fractura... não predura. 






Há-des 




Verbo 'haver' na 2ª pessoa do singular: 'Eu hei-de cá vir um dia; tu há-des cá vir um dia...' 




Inclusiver 




Forma de expressar que percebemos de um assunto. E digo mais: eu inclusiver acho esta palavra muita gira. Também existe a variante 'Inclusivel'. 




Mô 




A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como 'bué' ou 'maning'. Ex.: Atão mô, tudo bem? 




Nha 




Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA. Para quê perder tempo, não é? Fica sempre bem dizer 'Nha Mãe' e é uma poupança extraordinária. 




Parteleira 




Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola. 




Perssunal 




O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex.: 'Sou perssunal de futebol'. Dica: deve ser articulada de forma rápida. 




Prutugal 




País ao lado da Espanha. Não é a Francia. 




Quaise 




Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais... Ainda não percebi muito bem o quer dizer, mas o problema deve ser meu. 




Stander 




Local de venda. A forma mais famosa é, sem dúvida, o 'stander' de automóveis. O 'stander' é um dos grandes clássicos do 'português da cromagem'... 




Tipo 




Juntamente com o 'É assim', faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo. É assim... tipo, tás a ver.




Treuze 




Palavras para quê? Todos nós conhecemos o númaro treuze.