domingo, 11 de julho de 2010

Espanha...

E pronto, mais um Campeonato do Mundo e desta vez um campeão inédito. É o meu sexto mundial, aquele em que provavelmente mais jogos vi, não sendo no entanto o mais espectacular. Ganhou a equipa em que eu apostei desde início, o que até me deixa satisfeito pelo facto de ter conseguido adivinhar. Pena mesmo foi Portugal não ter ido mais longe, e tinha hipótese de fazer um pouco mais. Outra desilusão com que deixo este torneio, foi a Argentina não ter feito mais. Não tanto pela selecção em si, mas pelo Maradona, meu ídolo de sempre e que depois de ter saído pela porta pequena em 94, podia ter-se redimido.
Mas enfim, fica mais um mundial para o currículo e mais um punhado de memórias futebolísticas para contar no futuro.

Sem comentários: