quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A magia da rádio!

Um dos sonhos que trago comigo desde sempre é o de um dia fazer rádio. Quer dizer, já cumpri esse sonho, em tempos, na escola e depois na universidade, mas fazer um programa a sério é outra coisa. Desses tempos em que falava ao microfone nos meus tempos de estudante, as regras eram ditadas consoante a disposição do dia, sem muitas regras, que era o que se queria, mas sempre com uma grande vontade de comunicar, de dizer algo, mesmo sabendo que muitas vezes ninguém estava do outro lado para me ouvir. Mas isso pouco importava perante a importância que sempre atribuí à comunicação, e à emoção de subir o cursor na mesa de mistura, ir descendo a pista de música em simultâneo, e começar a dizer o que me ia na alma no momento.

Desde resultados do futebol, histórias e piadas do momento, galhofa e picardias com os meus colegas no estúdio, tudo valia e dentro dos limites, nada era proibido. Lembro-me de um dia até ter cantado uma música. Eu que nunca cantei em lado nenhum, mas é esta mesmo a magia da rádio.

Tudo isto para dizer, que nos últimos dias ando com uma vontade grande de fazer um programa. Apetece-me desenvolver e apresentar uma proposta para cumprir este desígnio. Não tenho bem uma ideia definida, mas gostava de experimentar um espaço onde se pudesse conversar sobre tudo e mais alguma coisa, ter convidados e debater um tema, passar músicas alternativas, contar histórias, comentar notícias... Enfim, um espaço onde a liberdade impere e as conversas vão fluindo naturalmente.

Para já não sei bem como orientar esta ideia, mas entretanto vou pensando nisso e um dia destes pode ser que surja algo.

Sem comentários: