sábado, 31 de dezembro de 2011

2012...

Porque hoje é dia de virar mais uma página...

Votos de um ano novo em grande... e sejam felizes!!

:)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Música do ano!!

Chegou já no final de 2011, mas ainda assim a tempo de ser eleita a música do ano. Uma bela união ibérica musical, que nos deleita a cada instante!!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Balanços...

2011 foi um ano difícil, e 2012 ao que parece também não vai ser nada fácil. É a nossa sina e sobre isso estamos conversados para os anos que aí vêm!!

Em termos pessoais, que é disso que se trata, foi um ano de mudança, mas também de muito pensamento. Aconteceram coisas boas e más, mas sobretudo ficam alguns momentos na memória que jamais cairão no esquecimento, bem como algumas pessoas que comigo partilharam esses momentos durante estes últimos doze meses.

Em jeito de balanço, agora que é tempo dele, nem posso considerar assim tão mau este ano. Em termos profissionais estou agora a reerguer-me depois de um, demasiado longo período menos bom, mas se Deus quiser hei-de conseguir voltar de novo à ribalta, pois fazendo aquilo que gosto, e que sorte eu tenho, estarei certamente mais feliz.

Em termos pessoais, aconteceram também momentos positivos, e que podem vir a dar fruto no futuro. Tudo a seu tempo e vamos ver no que dá.

Obrigado em especial àquelas pessoas especiais e que tornaram tudo isto ainda mais especial e que me fazem ser feliz a cada dia. Love you all!!!!

sábado, 24 de dezembro de 2011

Natal!!!!

Porque no Natal não são precisos grandes "folclores", aqui ficam os meus votos para todos!!

FELIZ NATAL!!!!

E não se esqueçam de ser felizes todos os outros dias também!!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Estamos na luta!!

"Estamos na luta!"

Era esta a expressão usada por um ex-colega de trabalho com quem partilhei durante algum tempo os haveres do oficio que nos unia na mesma casa, e que sempre que nos debruçávamos sobre o que estava bem e mal no trabalho, ele usava como forma de rematar a conversa. Era uma forma simples e rápida de afirmar a necessidade de lutar sempre a cada dia, para consegui ultrapassar os maus bocados e atingir as coisas boas. Sem trabalho nada se consegue e a perfeição não existe.
Recordo-me disto, agora que inicio uma nova fase do meu caminho. Espero que corra bem, e vou tentar fazer que assim seja. Por isso... "estou na luta!"

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Nova etapa!!

Começo hoje uma nova etapa de vida. Novos ritmos e ambientes, alguma mudança de vida e vamos ver no que dá!
Wish me luck!! :)

domingo, 13 de novembro de 2011

O que é então o amor?

"O amor é liberdade. E o que é que a maioria das pessoas investe no amor? O resto do seu tempo, a sobra, o lixo? Levanta de manhã, trabalha todo o dia, aguenta um monte de gente chata, almoça, pega um trânsito fodido, vê televisão e aí, no fim da noite, com o resto, aí é o momento do amor? Ai, vai-te catar. Por isso é que a gente vive amores de merda. Pequenos, entende? Tu dá o resto. Essa é a verdade."

                                                                                                                                  Prem Milan

Entrevista completa aqui.

sábado, 12 de novembro de 2011

Ui, tanto tempo!!

Já não venho aqui faz tempo. Felizmente tenho estado bastante ocupado. Mas enfim, de regresso às lides, pode ser que entretanto comece a escrever mais regularmente, até porque há novidades. Vou voltar ao activo a 100% num novo projecto. Wish me luck!! :)

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Oportunidades! (parte II)

A tal entrevista não deu em nada! Infelizmente pois até estava inclinado a aceitar, mas nem foi preciso decidir, pois foi mesmo da parte deles que me disseram que ainda tinham de pensar e decidir o que achavam melhor, rever estratégias e aferir com o que contam para o futuro. Enfim!! Não foi desta mas adiante!

Sobre o outro projecto que estou a desenvolver com uns amigos, parece que as coisas vão ficando mais encaminhadas e começam a estruturar-se. Para já há a oportunidade de ir produzir conteúdos para outras paragens, por isso vamos ver o que os próximos dias trazem de novo. Mas a confirmar-se a ideia, será uma mudança de local e de ritmo, para algo bem mais agitado, mas sem esforço e mudança nada se consegue.

Vamos em frente, porque os desafios são para serem vencidos!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Oportunidades!

Esta semana tenho uma entrevista de emprego para uma empresa na minha área. Vou ver as condições, o tipo de trabalho, todos os prós e contras para depois me decidir. Não é perto de casa, o que me obriga a mudar para lá, mas nestas alturas não se pode recusar o trabalho assim de ânimo leve só porque não apetece. E a distância nunca foi problema para mim em outras ocasiões. De qualquer forma, tudo depende das condições e de achar se vale ou não a pena.

Mas entretanto, hoje, um amigo e colega, com quem estou a iniciar um novo projecto, falou-me noutra possibilidade de trabalho. É uma situação temporária mas que me deixou a pensar. Além de tudo também tenho de pensar em quanto preciso de ganhar para ver se será possível.

Mas realmente a vida tem destas coisas. Numas alturas não há nada, e uma pessoas quase que desespera, noutras aparecem várias coisas ao mesmo tempo. Ele há coisas que não se compreendem.

Anyway, mudanças esperam-se para breve!!

domingo, 25 de setembro de 2011

Frases que surgem...

Vamos por aí pelos caminhos, imortais trilhos da vida, caminhando lado a lado, sem destino, rumo ao futuro!

Há dias estava já deitado, e prestes a adormecer quando me surgiram estas palavras na cabeça. Levantei-me a apontei num caderno, porque já sabia que no outro dia não me recordaria do que tinha pensado. De onde será que surgiram estas palavras!? E inspiradas por quem!? Não sei, mas parece-me bem que continuem a surgir coisas destas!!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Emoções

Depois de uns dias de intensas conversas e partilhas online, ontem foi finalmente o dia do "encontro"! O prometido abraço acompanhado do respectivo sorriso foram momentos perfeitos. Até podia ter sido mais tempo, pois as coisas boas duram sempre tão pouco. Gostei mesmo muito!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Prazos!!

Hoje falhei pela primeira vez um prazo para a entrega de um trabalho! Ter trabalhos pendentes por conta de outras pessoas que não me entregam a sua parte a tempo só pode dar mau resultado.

Ainda tentei dar a volta em contra relógio mas já não foi possível!! Resta-me entregar amanhã, e assumir as responsabilidades!!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Elogios...

Não é todos os dias que nos chamam de "lindo, fofinho, romântico, engraçado"! Mas é bom e sabe bem! Começo a gostar de ti e a ficar viciado nas nossas conversas!!

domingo, 11 de setembro de 2011

11 de Setembro

Este foi também um dia que marcou a minha vida, no ano que me ficará sempre gravado na memória pelas várias marcas que encerra na minha pessoa e que ocorreram em 2001! Este foi sem dúvida um dia daqueles tremendos, intensos, cheios, que nos deixam a pensar e ficam para sempre!



E parecendo que não, 10 anos são uma imensidão de tempo!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

7 razões para ficar animado depois de Madrid

"A sementeira de Deus é sempre silenciosa; não aparece nas estatísticas. E a semente que Deus planta na Jornada Mundial da Juventude é como a semente de que fala o Evangelho: parte dela cai na beira da estrada e fica perdida; parte cai entre pedras e fica perdida; parte cai entre espinhos e fica perdida; mas uma parte cai em terreno fértil e dá muitos frutos."


(ler artigo completo)

Tenho em mente mais umas quantas, mas estas sete são um bom resumo do que ficou e que certamente dará fruto daqui a uns anos!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Essa coisa de gostar de alguém

"Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o nosso encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos sempre o telefone, a campainha da porta, lemos sempre a mensagem que nos deixaram no vidro embaciado do carro desse Inverno rigoroso. Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - vamos para o local do acidente com a carta amigável, vamos ter com ela ao corredor do hospital ver como estão os pais, chamamos os bombeiros para abrirem a porta, mas nada, nada nos impede de estar juntos, porque nada nem ninguém é mais importante, do que nós."

By Fernando Alvim (daqui)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Sobre o caso Ricardo Carvalho

Aqui há uns anos tivemos um PM que abandonou o país para ir para o bem bom e ninguém lhe chamou desertor e não se fez tanto alarido!! Agora, pelo facto de um jogador, pago a peso de ouro, ter decidido sair da selecção, é toda uma celeuma que não se percebe muito bem!!
Este país precisa mesmo de rever as suas prioridades!!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Hummm...

Acho que começo a gostar de ti!! Pena que a distância não ajude, mas vamos ver onde estas pequenas (grandes) conversas nos levam!...

domingo, 28 de agosto de 2011

JMJ Madrid 2011

E assim se cumpre um sonho...

Esta frase simples, pode parecer que não faz muito sentido à partida, mas podem crer, meu amigos, que foi mesmo o cumprir de um objectivo maior. Para mim, que desde os 10 anos ando nestas andanças dos encontros de jovens, chegar aos 28 anos e ter a oportunidade de participar nestas jornadas, podem ver o quão importante foi para mim esta ida a Madrid.

Foi uma semana intensa, que vai demorar o seu tempo a digerir, tal como uma boa refeição que se toma e se perde a noção no tempo que dura, foi também assim esta experiência. Mas foi uma experiência positiva, disso tenho a certeza!

Houveram coisas que correram bem!? Sim! Houveram coisas que correram mal!? Sim, também! Mas tudo isso faz parte e todos nós, que somos minimamente exigentes e queremos sempre o melhor, não podemos deixar de fazer este ou aquele reparo, mas ainda assim, quase que posso assegurar que todos nós vimos mais ricos depois destes dias passados no meio da multidão de jovens que como nós acreditam e estão "firmes na fé"!

Tenho a certeza de que cada um de nós, à sua maneira, traz histórias para contar, tem aquela foto especial, ou conheceu alguém que acabou por marcar estes dias. Também assim foi comigo e estou certo de que me arrependeria mais se não tivesse ido, do que estou, por nem tudo ter sido perfeito. Creio que é este mesmo o sentimento dominante, pois o calor de Deus e Jesus, são mais intensos do que as altas temperaturas que sofremos esta semana. E todas as privações, desde as mais simples às mais complicadas, também elas fazem parte desta caminhada que é a nossa vida em partilha e comunidade.

Jesus deu a sua vida por todos nós e o seu legado permanece imutável tanto tempo depois, para que possamos nós estar congregados e com a bênção do Santo Padre Bento XVI, que certamente estará contente por cada um de nós que esteve presente e que agora foi enviado, não só a contar como foi, mas também a viver o testemunho de fé nas nossas comunidades e junto dos que nos são mais queridos e próximos. Se assim for, estas jornadas terão sido já um marco nas nossas vidas.

Agradecer por fim, claro está, a todos vós, pois sem a vossa presença nada disto faria sentido e não seria certamente a mesma coisa. Foi bom rever caras conhecidas, mas também conhecer novas pessoas, pois é assim que se cresce e se enriquece ao longo da vida.

E vocês foram e estiveram comigo... e aquela que à partida parecia uma espécie de despedida em grande destas andanças, pois a partir daqui já tinha cumprido os objectivos principais ao nível de encontros de jovens, foi afinal, um reacender da chama e o reforço da vontade de continuar a caminhar e a participar.

Paz e bem!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

JMJ

A esta hora já devo estar a caminho de Madrid para participar nas Jornadas Mundiais da Juventude. É o cumprir de um sonho antigo, e que finalmente vou concretizar!!

Paz e bem!! Hala Madrid!! :)

domingo, 14 de agosto de 2011

Jornadas Mundiais da Juventude

E pronto, chegou o dia de partir para Madrid!! Viva a festa da Juventude!!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Facebook

O mural do Facebook foi das melhores coisas que apareceram para servirem de local privilegiado para lamentações e demais lamúrias!! E há para todos os gostos!! Eu só estranho é como é que certas pessoas aguentam, tais são os lamentos e as agruras da vida por que têm que passar!!
Já pensaram em tornar os lamentos em coisas positivas? E se em vez de frases feitas de autores desconhecidos ou automáticos, escrevessem algo positivo? E se metessem mãos à obra e pés ao caminho e fossem actualizando com coisas que estão a construir? Não seria bem mais alegre e positivo? Pois claro que sim!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Coisas boas...

Gosto de água com gás. Simples ou com uma pequena dose de groselha sabe sempre bem, mas desde que começaram a aparecer as águas com gás com sabores que de vez em quando experimento as novidades para ver como sabem. E esta, meus amigos, é do melhor que foi feito até hoje nesta onda de águas com sabores. Vale mesmo a pena provar a nova Frize Pêssego!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

E não é que faltou mesmo!

Estava com esperança de que os Bon Jovi tocassem o Bed of Roses, acreditando que era daquelas mesmo indispensáveis, e não é que foi precisamente a grande música que faltou!! Teria sido o auge total se tivessem tocado, mas ainda assim, foram quase três horas sempre em altas e a um grande nível. Espectáculo impecável, palco enorme e com projecções e imagens espectaculares, a banda em grande forma, e um público imenso e a curtir desde o início sem parar.
Valeu mesmo a pena...

Entretanto no youtube já estão uns quantos vídeos para recordar! Este foi um dos momentos altos!

domingo, 31 de julho de 2011

Espero que esta não falte!

E hoje é dia de concerto! E aqui o vosso amigo vai lá estar!! Depois conto como foi!

É hoje!!

sábado, 30 de julho de 2011

Memórias!!

Esta noite estive a ouvir o directo na Antena 1 do Festival de Músicas do Mundo em Sines, e veio-me à memória que há três anos esta foi uma noite muito especial e que guardarei para sempre na memória!!

Obras de arte...

Isto podia ser só um cartaz de um filme! Pois podia, mas como diz o outro, não era a mesma coisa. E vai daí, é uma obra de arte!!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Estou "apaixonado"...

...pelo futebol feminino!!

Está a decorrer o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino, na Alemanha, e vai daí tenho dado uma vista de olhos ao site da FIFA para ver os resultados e os vídeos com os golos, já que não tenho visto os jogos. Realmente o nível é já muito bom, quase ao nível do futebol masculino. E não digo isto com desdém, mas com a certeza de que a breve prazo será possível uma evolução que coloque as mulheres ao nível do homens em termos de jogo. Pelo que tenho visto e analisado, há uma diferença fundamental, que se prende com o facto das mulheres jogarem ainda com um grande grau de "ingenuidade", o que por vezes origina alguns erros, mas tirando isso... Essa "ingenuidade" até que é boa, pois beneficia o espectáculo, e tem mais a ver com o facto do futebol feminino ser recente, do que com a falta de talento ou cultura de jogo das jogadoras.

Mas, no meio disto tudo, o que eu gosto mesmo, é de algumas caras bonitas que jogam nas diversas selecções. Esta menina é só uma delas!! :)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Confiança...

Um amigo meu desabafou com uma "amiga" algumas sobre um passado recente e uma relação passada, que ainda não tinha ficado bem resolvida. Teceu alguns comentários sobre outras pessoas que estavam próximo ou que se aproximaram, e vai daí essa "amiga" foi contar aos outros o que este lhe havia dito! E pronto, acho que o resto da história está bom de ver como foi! Uns andam zangados, outros deixaram de falar com ele, outros apenas magoados mas pode ser que passe... enfim, uma confusão!

E porque não saber guardar as coisas só para nós!? Se nos contam e desabafam connosco, é porque acham que nós sabemos gerir a informação. E têm confiança em nós! CONFIANÇA!! Sabem o que isso significa?

terça-feira, 12 de julho de 2011

Relações!

Em matéria de relações não sou exemplo para ninguém. E tenho as minhas falhas, como todos temos, mas devo dizer que me dá um certo gozo ouvir algumas amigas a queixarem-se de que não vão a lado nenhum e que os namorados não lhes ligam nenhuma, quando estes passam os dias no café a beber cerveja, nomeadamente ao fim de semana, enquanto elas assistem a isto, impávidas e serenas, como se nada se passasse.

Outra das situações é que depois ainda dizem que não saem porque isto está mau e se gasta dinheiro. Sabendo eu que numa tarde destas se pode gastar umas dezenas de euros em copos e petiscos, assim sem dar por isso, apetece-me perguntar se para umas coisas há crise e noutras não!! Enfim, prioridades e maneiras de ver as coisas!

Mas quem sou eu para me meter...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Dias que correm...

felizmente que nos últimos dias tenho conseguido estar mais ocupado com trabalhos, pois sempre dá para animar um pouco, além de que dá para ganhar algum dinheiro. Mas sobretudo pelo ânimo! Esperemos que continue assim e que no Inverno não baixe o ritmo.

terça-feira, 5 de julho de 2011

A propósito do post anterior...

... é realmente difícil esquecer alguém que ainda se ama!! E talvez estas minhas incursões pelas memórias também não ajudem muito, mas enfim... é mais forte que eu!!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

"Como é que se Esquece Alguém que se Ama?"

Mais uma bela dissertação deste senhor!! Miguel Esteves Cardoso de seu nome!!

Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está?

As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso paciência. O pior é que vivemos tempos imediatos em que já ninguém aguenta nada. Ninguém aguenta a dor. De cabeça ou do coração. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguém antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar.

É preciso aceitar esta mágoa esta moínha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si , isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução.

Não adianta fugir com o rabo à seringa. Muitas vezes nem há seringa. Nem injecção. Nem remédio. Nem conhecimento certo da doença de que se padece. Muitas vezes só existe a agulha.

Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado.

O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar.


Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'

quarta-feira, 29 de junho de 2011

+ memórias

Nesta fase de memórias que atravesso, derivado da minha situação profissional menos intensa de momento, de vez em quando gosto de rever um filme mais antigo. Não porque não hajam filmes novos que me agradem, bem pelo contrário, mas porque me apetece rever o espírito e sentir de novo algumas emoções que senti quando os vi pela primeira vez. Bem sei que isto é uma utopia, mas há filmes que nos fazem sentir de novo "meninos" e isso, durante duas horas é muito bom e faz muito bem.

Devo dizer, que quando faço isto não vou com o sentido critico em relação a efeitos e a técnicas que como se sabe evoluíram muito, e é muito fácil o filme perder a graça passado um tempo. Tento sim estar atento aos pormenores, à narrativa e à interpretação dos actores.

Pois bem, o filme que revi no outro dia foi precisamente o "Robin Wood - The Prince of Thieves".
Não me recordo bem da primeira vez que vi o filme, mas gostei, isso é certo. Mas acho que desta vez ainda gostei mais e vibrei mais com alguns momentos do que na altura. E foi um belo pedaço de tempo passado em frente ao ecrã. Sei que não podemos voltar atrás, nem tenho ilusões quanto a isso, mas lá que sabe bem reviver emoções, isso é certinho. E por um bocado é tão bom voltar a ser criança.

E depois... e depois há esta música do Bryan Adams.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Ontem...

... passei por ti na rua e passou-me um flash com muitos dos bons momentos que vivemos. É difícil esquecer, sobretudo sabendo que uma parte de mim ainda está lá atrás e que gosta de ti como no primeiro dia!

sábado, 18 de junho de 2011

10 anos

Há precisamente 10 anos atrás, vivia uma das fases mais intensas, mas ao mesmo tempo mais marcantes da minha vida. Faz precisamente hoje uma década que iniciei os exames nacionais. Começou com o de Português, que correu muito bem, e que foi de certa maneira o augúrio do que viriam a ser os outros, e que me levariam à entrada da Universidade!

Outro dos acontecimentos marcantes desta altura, foi a realização do Crisma, na véspera. Dia grande, de afirmação da fé, de partilha com os amigos, o grupo que ao longo dos anos se foi juntando e preparando para esse dia. Foi um dia memorável, e passados dez anos, recordo com saudade esse dia, mas sobretudo sinto que a força do Espírito Santo continua comigo e a acompanhar-me em todos os dias e momentos, bons e maus.

Ui! Dez anos! Uma vida! Parede mesmo que foi ontem!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Um ano...

Um ano em casa. Isto de estar desempregado não está com nada!! Felizmente vou fazendo algumas coisas enquanto freelancer, porque se não era bem pior!!

Enfim, melhores dias virão!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Sobre as eleições...

Depois da ressaca, a única coisa que me apetece dizer, é apenas isto: será que é desta?


PS: Apesar de tudo não me parece, pois o real estado das coisas ainda é desconhecido, e quer-me parecer que as dificuldades são bem maiores que as que têm vindo a público.

sábado, 28 de maio de 2011

Tempo de debate...

Neste tempo de debates, promessas, troca de galhardetes, talvez devêssemos aproveitar a deixa para parar um pouco e pensar naquilo que é realmente importante. Sim, a economia é muito importante, mas não há nada que não se faça sem pessoas, e sobretudo boas pessoas. É dessas que mais precisamos neste momento. E se há coisa na qual eu acredito, entre muitas outras crenças, é em que todos nós podemos sempre melhorar um pouco mais.


"Quando aprendermos a celebrar o sucesso e o trabalho dos outros, sem necessidade de mandar abaixo porque sim, quando aprendermos a ser felizes com a felicidade dos outros, é sinal de que já subimos mais um nível na escala de evolução. Então será mais fácil ser melhor do que temos sido até agora."




Texto na íntegra

sexta-feira, 27 de maio de 2011

"Apenas tem mulher quem pode"

Texto simples e bem resumido. Não resisti a partilhar!! Daqui


Um homem inteligente a falar sobre as mulheres...Luis Fernando Verissimo.

   "O desrespeito pela natureza tem afectado a sobrevivência de muitos indivíduos, e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.
   Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com grande zelo e dedicação, mas sinceramente acho que é ela que me mantem. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha "Salvemos as mulheres."

   Revelo o meu pouco conhecimento sobre a fisiologia da feminilidade, a fim de preservar os exemplares raros e preciosos que restam:

   1. Habitat:
A mulher não pode viver em cativeiro. Se está enjaulada, acabará por morrer por dentro. Não há correntes que as prendam e as que vivem em gaiolas perdem o seu DNA. Você nunca tem a posse de uma mulher, o que a vai ligar a você é uma linha ténue que precisa ser reforçada diariamente.

   2. Alimentação correcta:
Ninguém sobrevive da brisa. A mulher vive do amor e carinho...dê-lhe em abundância. É coisa de homem, e se ela não o receber de você, vai procurar noutro lado. Beijos matinais e um "eu te amo" ao pequeno-almoço, mantém-nas belas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as plantas, não a deixe desidratar-se. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.

   3. Flores:
Também fazem parte do menu. A mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos, como o tratamento rude e agreste.

   4. Respeito pela natureza:
Não suporta a TPM (tensão pré-menstrual)? Case-se com um homem. As mulheres menstruam, choram por qualquer coisa, gostam de falar sobre como lhes correu o dia, e de discutir a relação. Se você quiser viver com uma mulher, tem que estar preparado para isso.

   5. Não limite a sua vaidade:
É próprio da mulher hidratar as madeixas, pintar as unhas, os lábios, para passar o dia no cabeleireiro, coleccionar brincos, sapatos, passar horas a escolher roupas num shopping. Entenda isso e apoie-a.

  6. O cérebro feminino não é um mito:
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Portanto, procuram aquelas que fingem não o ter.

Mulher sem cérebro não é uma mulher, mas apenas um objeto decorativo. Se você está cansado de coleccionar figuras, tente relacionar-se com uma mulher real.
Algumas mostrar-lhe-ão que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja, aprenda com elas e cresca. E não se preocupe, ao contrário do que acontece com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

  7. Não faça sombra sobre ela:
Para ser um grande homem, tem que ter uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilha, você bronzeia. No entanto, se ela está atrás, você apenas vai receber pontapés.

  8. Aceite:
As mulheres também têm luz própria e não dependem dos homens para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da sua parceira e utiliza-os para se motivar. Ele sabe que preservando e cultivando a mulher, ele está salvando-se a si mesmo.

 Meu amigo, se você acha que a mulher é muito complicada, então vire GAY. Só tem mulher quem pode!!!"

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Um ano...

e meio depois, ainda me apetecia dizer-te "não desistas de mim"!



Sei que para ti fui eu quem desistiu de nós, mas acredita que estava a tentar e a esforçar-me para que as coisas não fossem como infelizmente foram. Tenho pena e ainda hoje tenho saudades todos os dias. E tenho medo que assim seja durante muito tempo. Demasiado tempo...

domingo, 24 de abril de 2011

Vídeos e relações...

Nos últimos dias um amigo veio ter comigo para lhe fazer um vídeo com fotos e texto para dar à namorada, ou melhor ex-namorada. Ao que parece deram um tempo e entretanto as coisas já não avançaram mais.

O vídeo era para ele tentar passar-lhe uma mensagem e sobretudo para tentar que ela reconsidere na sua decisão de terminar a relação, e vi nesse meu amigo que através de algo mais concreto e material, visual, a esperança de que ela pelo menos pare para pensar de novo que a relação vale a pena.

Enfim... e eu como sou o "tipo" multimédia aqui do sitio, vá de ele me telefonar e "encomendar" esse trabalho. Bem sei que é um trabalho, e tentei fazê-lo o melhor que pude com o material disponível e da maneira que achei melhor para o fim a que se destina, mas ainda assim é sempre difícil fazer uma coisa para este fim e com este conteúdo. Ficou mais ou menos certo a principio que seria uma coisa profissional, e que ele desde logo frisou que fazia questão de pagar, mas o que cobrar perante esta situação? Se por um lado foi um trabalho, por outro é um amigo de longa data e que ainda por cima é uma situação sempre delicada.

Estou a pensar em fazer um preço simbólico, mas apenas porque ele insiste. Será que faço bem, que faço mal? Espero não ser injusto, e sobretudo espero que o meu contributo através da minha "arte" possa ajudar no propósito para que foi criado e que um destes dias já os possa ver de novo juntos. E felizes, tal como as fotos que usei o demonstram!

sábado, 23 de abril de 2011

...

Há mais de um mês que aqui não escrevia nada. Tempo esse que tem passado a correr. E estou na mesma... infelizmente.
É difícil arranjar trabalho, mas por vezes também me faltam as forças e a motivação para lutar e andar para a frente. Vou fazendo aqui e ali umas coisas, tentativas de evolução na busca de algo mais, mas fico-me por aí. Como eu gostava de ser diferente e ter mais força para me agarrar à vida...

Enfim, vou tentar fazer mais e melhor... tenho mesmo de o fazer, mas a maré não é nada favorável e é-me cada vez mais difícil remar contra a corrente...

terça-feira, 1 de março de 2011

Diz-me onde moras...

De vez em quando caem no mail uns textos engraçados!! MEC no seu melhor!!

"Um dos grandes problemas da nossa sociedade é o trauma da morada. Por exemplo, há uns anos, um grande amigo meu, que morava em Sete Rios, comprou um andar em Carnaxide. Fica pertíssimo de Lisboa, é agradável, tem árvores e cafés. Só tinha um problema. Era em Carnaxide. Nunca mais ninguém o viu.
Para quem vive em Lisboa, tinha emigrado para a Mauritânia!
Acontece o mesmo com todos os sítios acabados em -ide, como Carnide e Moscavide. Rimam com Tide e com Pide e as pessoas não lhes ligam pevide.
 Um palácio com sessenta quartos em Carnide é sempre mais traumático do que umas águas-furtadas em Cascais. É a injustiça do endereço.
 Está-se numa festa e as pessoas perguntam, por boa educação ou por curiosidade, onde é que vivemos. O tamanho e a arquitectura da casa não interessam. Mas morre imediatamente quem disser que mora emMassamá, Brandoa, Cumeada, Agualva-Cacém, Abuxarda, Alformelos, Murtosa, Angeja. ou em qualquer outro sítio que soe à toponímia de Angola.
Para não falar na Cova da Piedade, na Coina, no Fogueteiro e na Cruz de Pau. (...)
Ao ler os nomes de alguns sítios - Penedo, Magoito, Porrais, Venda das Raparigas, compreende-se porque é que Portugal não está preparado para entrar na Europa.
De facto, com sítios chamados Finca Joelhos (concelho de Avis) e Deixa o Resto (Santiago do Cacém), como é que a Europa nos vai querer integrar?
Compreende-se logo que o trauma de viver na Damaia ou na Reboleira não é nada comparado com certos nomes portugueses.
Imagine-se o impacto de dizer "Eu sou da Margalha" (Gavião) no meio de um jantar.
Veja-se a cena num chá dançante em que um rapaz pergunta delicadamente 
"E a menina de onde é?", e a menina diz: "Eu sou da Fonte da Rata" (Espinho).
E suponhamos que, para aliviar, o senhor prossiga, perguntando "E onde mora, presentemente?", Só para ouvir dizer que a senhora habita na Herdade da Chouriça (Estremoz).
É terrível. O que não será o choque psicológico da criança que acorda, logo depois do parto, para verificar que acaba de nascer na localidade de Vergão Fundeiro?
Vergão Fundeiro, que fica no concelho de Proença-a-Nova, parece o nome de uma versão transmontana do Garganta Funda. 
Aliás, que se pode dizer de um país que conta não com uma Vergadela (em Braga), mas com duas, contando com a Vergadela de Santo Tirso ?
Será ou não exagerado relatar a existência, no concelho de Arouca, de
uma Vergadelas? 
É evidente, na nossa cultura, que existe o trauma da "terra".
Ninguém é do Porto ou de Lisboa.
Toda a gente é de outra terra qualquer. Geralmente, como veremos, a nossa terra tem um nome profundamente embaraçante, daqueles que fazem apetecer mentir.
Qualquer bilhete de identidade fica comprometido pela indicação de naturalidade que reze Fonte do Bebe e Vai-te (Oliveira do Bairro).
É absolutamente impossível explicar este acidente da natureza a amigos estrangeiros ("I am from the Fountain of Drink and Go Away...").
Apresente-se no aeroporto com o cartão de desembarque a denunciá-lo como sendo originário de Filha Boa. Verá que não é bem atendido. (...) Não há limites. Há até um lugar chamado Cabrão, no concelho de Ponte de Lima !!!
Urge proceder à renomeação de todos estes apeadeiros.
Há que dar-lhes nomes civilizados e europeus, ou então parecidos com os nomes dos restaurantes giraços, tipo : Não Sei, A Mousse é Caseira, Vai Mais um Rissol. (...)
Também deve ser difícil arranjar outro país onde se possa fazer um percurso que vá da Fome Aguda à Carne Assada (Sintra) passando pelo Corte Pão e Água (Mértola), sem passar por Poriço (Vila Verde), eacabando a comprar rebuçados em Bombom do Bogadouro (Amarante), depois de ter parado para fazer um chichi em Alçaperna (Lousã).
(Miguel Esteves Cardoso)

domingo, 27 de fevereiro de 2011

+1!!

E porque hoje é aquele dia em que eu não estou a 100%, uma musica destas sabe bem para levantar a moral.



E parabéns a mim!!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

E agora!?? (continuação)

É oficial! Estou na m#%"§!!! Sem trabalho e sem perspectivas, estou cada vez mais desanimado com tudo isto. E não sei bem o que fazer.

Estou tentado a mudar de rumo, mas tenho mesmo muita pena de deixar para trás tanto esforço e dedicação que investi em duas décadas! Deixar agora esta área de trabalho seria perder muitas coisas, entre as quais uma que é muito importante, que é o gosto pelo que faço.

Costumo dizer que não tenho grandes manias e posso vir a trabalhar em coisas que não são da minha área ou formação, não ficarei menos digno por isso, pois apesar de tudo as coisas não estão fáceis e é preciso tentar outras alternativas. 

Mas tenho receio de que uma vez aberta essa porta, entrando por esse caminho alternativo, já não consiga voltar atrás e recuperar as coisas que deixarei, pois a minha área de trabalho exige uma permanência e regularidade constantes. E isso custa-me muito e é uma decisão muito difícil de tomar.

E agora!!??

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Faith!!

Este fim de semana vou estar um pouco mais próximo de novo das coisas do alto. Vai ser bom certamente partilhar o tempo com pessoas que comungam da mesma fé e do mesmo crer. E vai ser igualmente bom reencontrar bons colegas e amigos, assim como poder ter o prazer de conhecer mais algumas pessoas interessantes.

Enfim, vale a pena acreditar e estar presente.

E agora!??

Revelações feitas, analisado o resultado e ponderadas as consequências, o que fazer a seguir? Tentar mais alguma coisa ou simplesmente esquecer? Gostar de alguém é realmente uma coisa complicada!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Revelações!!

Estou prestes a partilhar com uma pessoa uma coisa que me anda aqui a dar a volta à cabeça e que me tem feito perder algumas horas de sono, e ainda não estou seguro de que o deva fazer.

Porque será que é tão difícil esta dicotomia entre o deve e o haver. Se por uma lado acho que devo partilhar com alguém, pois até pode ajudar, por outro tenho medo da reacção. Enfim...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Sobre o beijo!

Soube-me bem, é certo, mas não sei quero ir por aí! Tenho medo de não ser esse o caminho, pelo menos por agora acho que não, mas é como dizes, "porque não!?"

Também não te quero magoar caso não seja bem aquilo que esperas de mim, apesar de dizeres que não esperas nada...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Love hurts!!!

Às vezes penso que seria tudo mais fácil se eu não fosse uma pessoa de sofrer por antecipação. Mas afinal de contas eu sou mesmo assim e não prevejo que vá mudar assim do pé para a mão!!

Enfim, mas também que gozo daria o amor se não fosse minimamente sofrido!? E que valor teria se não tivéssemos que lutar por ele!? 



(sei que isto são apenas banalidades e frases feitas, mas é o que me apetece dizer e o que sinto)

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Coisas que me apetece fazer...

... mas que não sei como/quando começar:

- declarar-me a uma pessoa que gosto
- montar a cavalo
- tocar viola
- aprender inglês a sério


(quando me lembrar de mais, um dia destes faço outro post)

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Golden Globes e mais umas coisitas...

Até era capaz de vir também para aqui mandar uns bitaites sobre os Globos de Ouro, os vestidos e as piadas sem piada de um tal apresentador, mas agora não me apetece!!

Ao invés, se calhar devia dizer que no Domingo temos eleições para PR, o país está na miséria, e que não vejo nenhum dos candidatos, jornalistas e comentadores a falar sobre os reais problemas que temos. Bem sei que isto das eleições se passa sempre num país que não é bem o nosso, apesar de andar tudo aí tontinho a tentar ir ao país real prometer umas esmolas às pessoas, mas se calhar não custava muito focar-mo-nos naquilo que e essencial. Ou então não!!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Love hurts!!!

Ainda no outro dia deixava aqui a confissão de que ando com o coração dividido. Ainda por cima está dividido em três. Se por um lado ainda pairam sobre mim as recordações de uma relação "passada", por outro apareceram novas pessoas entretanto que me ocupam a mente e o coração.

Uma delas já a conheço há uns quatro ou cinco anos e de cada vez que tenho a oportunidade de estar com ela, há qualquer coisa que desperta no meu interior e que me deixa assim meio sem jeito. Gosto muito de privar com ela, a conversa entre nós flui naturalmente e o tempo passa sem dar por isso.

A outra, conheci há uns meses, de uma forma perfeitamente involuntária, e desde aí tenho dentro de mim algo que não sei bem explicar. Há dias em que estou com ela que me sinto muito bem, havendo momentos em que sinto aquele célebre "formigueiro" na barriga de que tantas vezes nos socorremos para ilustrar estas situações. Ainda por cima trata-se de uma situação "complicada" pela nossa diferença de idade e porque ela tem uma relação. E ela é tão querida e simpática que às vezes apetece-me arriscar...

Ando a tentar resolver este dilema e a tentar perceber para que lado seguir, que opções tomar. Hei-de ou não falar nisto a alguém!? Estou tentado, no caso da segunda pessoa que falei, de um dia destes falar com uma amiga próxima dela e "abrir o livro", mas não sei se será correcto fazer isso.

Ai como isto anda...

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Ainda sobre 2010!!

Por acaso foi um ano cheio de coisas. Umas boas, outras más, mas havemos de continuar!! Como diz o grande Palma, "enquanto houver estrada para andar, agente vai continuar."

domingo, 9 de janeiro de 2011

Há filmes...

... e FILMES!! E este é um desses que ficam na memória, nos deixam a pensar e nos remetem para o nosso interior e para aquilo que a vida tem de mais importante!!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ano novo!

Não sou pessoa de fazer resoluções de ano novo. Mesmo que faça ou que pense em algo que deveria mudar, não é por ser ano novo que vai acontecer. Ou acontece porque tem de ser, porque eu quero e acho que assim é que melhor para mim, ou então não vale a pena sequer pensar nisso.

Depois de um 2010 difícil, pensei em algumas, duas ou três coisas, que gostaria de fazer entretanto. Algumas até já vêm de trás e advêm da minha situação profissional de desempregado, mas não é por ter entrado um novo ano que as irei ou não cumprir.

Para já, estou a tentar umas e a pensar noutras, a ver vamos como decorrer o ano!!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Complicações!!

Porque será que me meto sempre em coisas complicadas quando se tratam de assuntos do coração!?

E agora, que fazer!? Think, think, think...

domingo, 2 de janeiro de 2011

Com o coração dividido...

e acho que isso não é bom!! E sem saber bem o que fazer!!