sábado, 28 de maio de 2011

Tempo de debate...

Neste tempo de debates, promessas, troca de galhardetes, talvez devêssemos aproveitar a deixa para parar um pouco e pensar naquilo que é realmente importante. Sim, a economia é muito importante, mas não há nada que não se faça sem pessoas, e sobretudo boas pessoas. É dessas que mais precisamos neste momento. E se há coisa na qual eu acredito, entre muitas outras crenças, é em que todos nós podemos sempre melhorar um pouco mais.


"Quando aprendermos a celebrar o sucesso e o trabalho dos outros, sem necessidade de mandar abaixo porque sim, quando aprendermos a ser felizes com a felicidade dos outros, é sinal de que já subimos mais um nível na escala de evolução. Então será mais fácil ser melhor do que temos sido até agora."




Texto na íntegra

sexta-feira, 27 de maio de 2011

"Apenas tem mulher quem pode"

Texto simples e bem resumido. Não resisti a partilhar!! Daqui


Um homem inteligente a falar sobre as mulheres...Luis Fernando Verissimo.

   "O desrespeito pela natureza tem afectado a sobrevivência de muitos indivíduos, e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.
   Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com grande zelo e dedicação, mas sinceramente acho que é ela que me mantem. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha "Salvemos as mulheres."

   Revelo o meu pouco conhecimento sobre a fisiologia da feminilidade, a fim de preservar os exemplares raros e preciosos que restam:

   1. Habitat:
A mulher não pode viver em cativeiro. Se está enjaulada, acabará por morrer por dentro. Não há correntes que as prendam e as que vivem em gaiolas perdem o seu DNA. Você nunca tem a posse de uma mulher, o que a vai ligar a você é uma linha ténue que precisa ser reforçada diariamente.

   2. Alimentação correcta:
Ninguém sobrevive da brisa. A mulher vive do amor e carinho...dê-lhe em abundância. É coisa de homem, e se ela não o receber de você, vai procurar noutro lado. Beijos matinais e um "eu te amo" ao pequeno-almoço, mantém-nas belas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as plantas, não a deixe desidratar-se. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.

   3. Flores:
Também fazem parte do menu. A mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos, como o tratamento rude e agreste.

   4. Respeito pela natureza:
Não suporta a TPM (tensão pré-menstrual)? Case-se com um homem. As mulheres menstruam, choram por qualquer coisa, gostam de falar sobre como lhes correu o dia, e de discutir a relação. Se você quiser viver com uma mulher, tem que estar preparado para isso.

   5. Não limite a sua vaidade:
É próprio da mulher hidratar as madeixas, pintar as unhas, os lábios, para passar o dia no cabeleireiro, coleccionar brincos, sapatos, passar horas a escolher roupas num shopping. Entenda isso e apoie-a.

  6. O cérebro feminino não é um mito:
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Portanto, procuram aquelas que fingem não o ter.

Mulher sem cérebro não é uma mulher, mas apenas um objeto decorativo. Se você está cansado de coleccionar figuras, tente relacionar-se com uma mulher real.
Algumas mostrar-lhe-ão que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja, aprenda com elas e cresca. E não se preocupe, ao contrário do que acontece com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

  7. Não faça sombra sobre ela:
Para ser um grande homem, tem que ter uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilha, você bronzeia. No entanto, se ela está atrás, você apenas vai receber pontapés.

  8. Aceite:
As mulheres também têm luz própria e não dependem dos homens para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da sua parceira e utiliza-os para se motivar. Ele sabe que preservando e cultivando a mulher, ele está salvando-se a si mesmo.

 Meu amigo, se você acha que a mulher é muito complicada, então vire GAY. Só tem mulher quem pode!!!"